Loading...

domingo, 12 de setembro de 2010

Sujeira...

Eu gosto do silêncio que procede e em que são ditos os versos:
The world is a vampire...
Sent to drain (ain ain)...
Um dia me disseram no maior silêncio do mundo também: "Você é carente." E daí eu decidi acabar com aquela aparência ridícula que eu tinha mania de estampar na cara, quando alguém me dizia algo que fosse verdade, mas que eu não queria assumir...
Faz de conta saca? e as coisas ficavam melhores para a reputação, ficavam piores para as situações, ficavam melhores pro ego, ficavam piores para a comunicação entre as pessoas depois, ficavam melhores pro histórico legal de se ter, ficavam piores para confiança das pessoas ficavam pra trás e das que vinham depois também...
O problema é ter o nome sujo. Não ter mais crédito... Isso te fode.
Daí você tem que começar à fazer cara de quem concorda, quando te dizem alguma coisa que te mostra uma verdade... Mas não é o suficiente... Pessoas não-orgulhosas sofrem menos risco de adquirir um câncer no futuro... E pelo seu bem, um dia você dá o braço à torcer...
E dói.
Anyway... Aprender à perder, pra quem não sabe... Deve ser muito mais trash do que aprender à cuidar melhor da saúde futura...
Mas trash de verdade também, é se mostrar capaz das coisas que as pessoas realmente não acreditam que você seja...



Nenhum comentário:

Postar um comentário