Loading...

quinta-feira, 25 de março de 2010

Monólogos com você...

- Tá, mas por que?
- Por que eu vim aqui pra te ver, mas já cansei de você.
- Tá.
- Eu estava de saco cheio de todo mundo, queria que alguém me escutasse, queria falar tudo de mal que eu pudesse falar de todo mundo, para alguém que não diria nada disso para as pessoas, queria beber, beber, beber... beber até cair, do lado de alguém que não iria me sacanear... e vim aqui... ver você.
- Aham...
- Sabe, Eu achei muito legal quando você me conheceu... Não fez uma brincadeira sem graça, não me deu uma cantada, não ficou olhando para os meus peitos, pra minha bunda nem nada... Achei muito legal isso da sua parte... Entende?... Achei isso bárbaro.
- Sei...
- E você me escuta! isso é o melhor de tudo! Olha, está vendo? ninguém mais está prestando atenção no que eu estou falando... Só você.
- hahahahaha...
- Eu fico pensando em que presente eu daria pra você... Acho que uma daquelas garrafinhas de saquê bem bonitinhas que tem na adega elegante lá perto de casa... Mas daí eu desisto, por que sei lá, é um presente muito bacana para dar pra você, por que você não merece mesmo! Eu iria querer que você bebesse bem devagarzinho para ficar mais tempo lá nas suas coisas, e você se lembrar de mim por mais tempo quando olhasse para a garrafa... Mas você beberia tudo de uma vez só com os seus amigos junkies em qualquer festa estranha ou noite de segunda feira sem nada pra fazer. Não daria a mínima importância para o carinho com o qual eu dei o presente pra você.
- Ooowwwnnn...
- Eu não daria uma camiseta de banda para você... Você começa a gostar de uma banda e logo já esquece... Então não faz sentido te dar uma camiseta dessas sabendo que você nem liga mais para a música de quem está na estampa...
- Poxa vida...
- Eu não daria um filme para você também... Você com certeza sempre teria um outro filme como preferido, Por que sei lá... O país em que foi filmado o que eu te dei não passava por problemas religiosos e sociais como um outro qualqeur que você falaria...
- Meu deus!
- Eu te chamaria para ir em um show... Um show que fosse a sua cara... Numa chopperia, bossa nova! bossa nova francesa! É, eu te levaria no show daquela banda lá, você gosta a mais de três anos daquela banda!
- Verdade...
- E daí eu não sei mais... Por que quando saíssemos, eu acho que você iria querer ir para a sua casa rápido, e nem iria querer tomar um café comigo, mesmo se fosse Havana! A gente só iria fumar um cigarro e iríamos embora.
- Nossa...
- Você iria chegar na sua casa, e entrar no Messenger, com uma música de uma banda de rock, no seu subnick, E eu ficaria arrasada...
- Avacalhou agora...
- E eu iria ficar comentando essas coisas suas comigo mesma, tentando achar algo que desse certo... Mas você estaria lá na minha imaginação, dizendo: "Aham, Nossa, Avacalhou agora, Sei, Eu ri, Meu Deus, Verdade", A cada frase que eu terminasse...

sexta-feira, 12 de março de 2010

Egocêêêêêntriiicaa essa menina... egoííííííííssstaaa...

Foi a primeira coisa que minha mãe falou quando olhou para minha cara hoje de manhã.
É. Eu não estou nem aí. Eu vou é tirar um sarro da cara dela, da minha irmã e dar satisfações para gente que não tem nada a ver com a minha vida só para encher o saco dela.
Eu vou sair hoje. Vou ver meus amigos, os amigos que eu amo. Vou rir, beber, e fazer o que eu quiser.
Vou conhecer gente nova e fazer coisas escondida da polícia, Vou falar sobre aqueles amores platônicos que eu tive, Vou me debruçar na mesa do bar e deixar a dor desses amores não vividos me corroer um pouco, mas só um pouco por que depois eu vou querer arrumar coisa mais divertida para fazer...
Eu, Eu, Eu, Eu, Eu, Eu, Eu...

quinta-feira, 11 de março de 2010

Mais uma...

"Sou apenas mais uma para você"
Eu cheguei à conclusão de que você tem a mania de falar isso para as pessoas...
É. Eu sei que é tudo novo e confuso para você. E eu me comporto como se tudo fosse tão normal, por que eu cresci assim, achando tudo muito normal. Você sabe o que eu falo.
Minha vida é incomum mesmo. Eu não ajo da forma que as demais pessoas que cercam todas as outras pessoas que não fazem parte do meu dia à dia ajem.
Eu tenho outras visões sobre as coisas, visões que fogem do senso comum. Quem me conhece sabe disso.
Mas não é por que eu acho cool, hype ou fashion ser assim. É por que eu aprendi assim. No fundo no fundo, acho que me agarrei à uma forma mais prática de pensar para não achar as coisas que acontecem ao meu redor estranhas. Por que se eu não encarasse de forma natural o fato de ter pais gays, mãe bipolar, incesto, drogas, promíscuidade e 'traições' eu já teria psicotizado.
É difícil eu me apaixonar por alguém. Já aconteceu bastante vezes, mas comparando ao número de pessoas que já passaram pela minha vida, é um número ridículo.
Eu não prometo nunca a ninguém que vou gostar dela, que vou namorar com ela, mesmo por que, pode ser uma promessa vazia. Eu já namorei gente que hoje em dia eu considero irmão... Na verdade, que eu sempre considerei irmão, e que eu namorava só para falar: "Estou namorando".
Eu já namorei com onze pessoas de uma só vez, Eu já fui 'traída' com amigos próximos, Eu já roubei namorado de amigos próximos, Eu já fiquei com gente da minha família, Eu já me apaixonei por três pessoas ao mesmo tempo e duas delas eram irmãs, Eu durmo na casa de ex namoradas enquanto elas dormem com suas atuais, Um namorado meu achou legal que eu ficasse com a melhor amiga dele, Eu já terminei namoro para ficar com a melhor amiga da minha então namorada, Eu já beijei mais de 100 pessoas em um dia, Eu já beijei uma menina de 9 anos e outra de 65, Tem gente que já ficou comigo durante um tempo e que hoje eu não lembro nem o nome, nem comprimento na rua se passar do meu lado, por que acabei esquecendo o rosto...
Eu sei que você leva garrafinhas de água p/ perto da sua cama antes de dormir, Que seus olhos mudam de cor dependendo do seu humor, Que você não suporta centros urbanos, Que não quer ter filhos, Que ama sua religião, Que mata mosquitos inofensivos, Que come comida fria, Que gosta de pizza de atum, Que dorme na missa, Que fala com espíritos, Que a sua letra é inclinada, Que perde a vergonha na cara com um gole de wisky, Que não gostou de "A Casa Dos Espíritos", Que você fala quando está dormindo, Que gosta de bis branco... etc, etc, etc, eu poderia estourar o limite de caracteres só escrevendo essas coisas que eu sei de você e que não sei de centenas de pessoas com as quais eu já fiquei.
E mesmo assim você acha que é apenas mais uma pra mim.

quinta-feira, 4 de março de 2010

More News From Nowhere

♪And I saw miss Polly singing with some girls
I cried strap me to the mast
For more news from nowhere
And it1s getting strange in here
Yeah, it gets stranger every year
More news from nowhere
More news from nowhere♪

Essa música não sai mais dos meus playlists... Nick Cave é foda.
Eu só uso meias brancas agora, por que elas combinam com essa música.
Está frio, ainda bem. É melhor para sair e tomar bebidas quentes nos bares em que eu me encontro sempre.
Meus amigos estão tranquilos, Naõ estão mais usando tantas drogas, é estranho por que no frio o consumo de drogas sempre cresce. Mas ainda bem que eles estão assim.
Eu voltei a ler Pornô do Welsh, e estou querendo lotar minha agenda com festas pequenininhas com meus tais amigos. Coisa para virar a noite sentados numa mesa bebendo cerveja holandesa rindo e desrespeitando a Lei anti - fumo de São Paulo.
Eu estou assistindo à filmes Suecos e tomado muitos cafés Starbucks... as vacas estão gordas ultimamente em minhas saídas...

♪ More news from nowhere
Yeah more news from nowhere ♪

segunda-feira, 1 de março de 2010

Diconas heim...

Casos fúteis, MUITO fúteis, porém engraçados, e que dão pano pra manga...
Porque um pouco de fofoca de vez em quando não mata ninguém.

I:

N: Eu acho a pessoa X muito linda...
G: Nossa! muito linda?! eu acho a pessoa X gata demais! nossa, nossa, NOSSA!
N: Não! com certeza, é muito mesmo, tipo, sensacional... Mas, é que está tão próxima da gente que sei lá ...
G: Aahh mas isso não diz nada! Eu não ligo da pessoa X ser muito próxima! Eu estou louca pra poder viajar com a pessoa X.
N: Nossa! quem me dera viajar com a pessoa X!
G: Aahh eu vou conseguir! logo menos eu consigo. Eu, a pessoa X e a Pessoa Y.
N: Aahh que inveja! a pessoa Y povoa meus sonhos eróticos todo dia...
G: Ahá! então ... Eu cof cof, pego a pessoa Y cof, cof...
N: Mentira!
G: Verdade!
N: A pessoa Y namora meu!
G: Verdade... O pior é que... Aaahh, você conhece a pessoa W?
N: Não, quem é essa pessoa?
G: A pessoa Y namora com a pessoa W...
N: Sério? hahahaha que fita! Mas a pessoa W sabe disso? tipo deixa vocês ficarem?
G: Nunca! jamais!
N: Que mancada velho...
G: Pois é... E a pessoa W é mó gente boa meu, as vezes eu até fico com a consciência pesada quando converso com a pessoa W...
N: Aahh, mas pensando bem eu faria a mesma coisa no seu caso.
G: Hahahahaha
N: Eu sempre achei que a pessoa Y e a pessoa X ficavam... tipo, parece até meio óbvio. Não acha?
G: A pessoa X tem vontade de ficar a pessoa Y, e logo quando eu conheci a pessoa Y, eu lembro que ela tinha a maior vontade de ficar com a pessoa X... Mas acaba que essas duas pessoas nunca ficaram... Vai entender ?
N: Nossa... novo sonho erótico... pessoa X e pessoa Y se pegando...

II:

M: Meu! não conta para ninguém que eu estou aqui!
N: Tá, não conto. Mas... por que?
M: Não posso!
N: Por que?!
M: Eu vim aqui por causa da pessoa Z.
N: Passada.
M: Não conta nada para pessoa Z²
N: Não! Não, pode deixar. Mas vem cá... E você e a pessoa Z²? não está mais dando certo?
M: Está, mas você sabe como é que é ? ! a pessoa Z é coisa antiga.
N: Antiga?!?! Estou barbarizada.

III:

F: O que aconteceu lá aquela hora?
G: Aahh eu estava de saco cheio só isso.
F: E saiu e nem deu tchau pra pessoa A²?
G: É. Chega.
F: Nunca vi você ser uma pessoa grossa assim com alguém.
G: Não fui uma pessoa grossa. É que meu limite já estourou.
F: Mas por que você não senta e conversa com a pessoa A² falando que não dá mais?
G: Porquê se eu sair assim desse jeito, é menos feio depois.
F: Como assim? menos feio?
G: Porquê eu vou sair rápido desse rolo com a pessoa A² pra poder ficar com a pessoa B
F: A pessoa B?!?! Ex da pessoa A²?!?!
G: É. Eu tenho que acabar logo isso com a pessoa A² Se não a pessoa B vai me deixar desse mesmo jeito também!