Loading...

quinta-feira, 11 de março de 2010

Mais uma...

"Sou apenas mais uma para você"
Eu cheguei à conclusão de que você tem a mania de falar isso para as pessoas...
É. Eu sei que é tudo novo e confuso para você. E eu me comporto como se tudo fosse tão normal, por que eu cresci assim, achando tudo muito normal. Você sabe o que eu falo.
Minha vida é incomum mesmo. Eu não ajo da forma que as demais pessoas que cercam todas as outras pessoas que não fazem parte do meu dia à dia ajem.
Eu tenho outras visões sobre as coisas, visões que fogem do senso comum. Quem me conhece sabe disso.
Mas não é por que eu acho cool, hype ou fashion ser assim. É por que eu aprendi assim. No fundo no fundo, acho que me agarrei à uma forma mais prática de pensar para não achar as coisas que acontecem ao meu redor estranhas. Por que se eu não encarasse de forma natural o fato de ter pais gays, mãe bipolar, incesto, drogas, promíscuidade e 'traições' eu já teria psicotizado.
É difícil eu me apaixonar por alguém. Já aconteceu bastante vezes, mas comparando ao número de pessoas que já passaram pela minha vida, é um número ridículo.
Eu não prometo nunca a ninguém que vou gostar dela, que vou namorar com ela, mesmo por que, pode ser uma promessa vazia. Eu já namorei gente que hoje em dia eu considero irmão... Na verdade, que eu sempre considerei irmão, e que eu namorava só para falar: "Estou namorando".
Eu já namorei com onze pessoas de uma só vez, Eu já fui 'traída' com amigos próximos, Eu já roubei namorado de amigos próximos, Eu já fiquei com gente da minha família, Eu já me apaixonei por três pessoas ao mesmo tempo e duas delas eram irmãs, Eu durmo na casa de ex namoradas enquanto elas dormem com suas atuais, Um namorado meu achou legal que eu ficasse com a melhor amiga dele, Eu já terminei namoro para ficar com a melhor amiga da minha então namorada, Eu já beijei mais de 100 pessoas em um dia, Eu já beijei uma menina de 9 anos e outra de 65, Tem gente que já ficou comigo durante um tempo e que hoje eu não lembro nem o nome, nem comprimento na rua se passar do meu lado, por que acabei esquecendo o rosto...
Eu sei que você leva garrafinhas de água p/ perto da sua cama antes de dormir, Que seus olhos mudam de cor dependendo do seu humor, Que você não suporta centros urbanos, Que não quer ter filhos, Que ama sua religião, Que mata mosquitos inofensivos, Que come comida fria, Que gosta de pizza de atum, Que dorme na missa, Que fala com espíritos, Que a sua letra é inclinada, Que perde a vergonha na cara com um gole de wisky, Que não gostou de "A Casa Dos Espíritos", Que você fala quando está dormindo, Que gosta de bis branco... etc, etc, etc, eu poderia estourar o limite de caracteres só escrevendo essas coisas que eu sei de você e que não sei de centenas de pessoas com as quais eu já fiquei.
E mesmo assim você acha que é apenas mais uma pra mim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário