Loading...

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Tamiris Cintra

A Tamiris...
A Tamiris é simples... Para ela...
Ela gosta de coisinhas tipo, comer doces e fumar um cigarro depois de jantar ou almoçar, Comer pastel, Jogar Donkey Kong...
A Tamiris gosta de pintar o cabelo - o que deixa minhas mãos sempre manchadas de tinta vermelha - Ela tem bronquite asmática, sinusite, rinite, alergias... [♪ o pulso ainda, pulsa, o pulso, ainda pulsa ♫ (hahaha)]. Porém nós temos três gatas que soltam muitos pêlos pela casa, que ela acha umas gracinhas... Ontem eu perguntei para ela:
- Vida... se um desses pelos entrarem sem querer no seu nariz... que te acontece?
- Eu tenho uma parada respiratória na hora.... Tipo, na hora MESMO!
- Aaah que legal heim! você acha isso bonito?!
- Aham! eu acho mara!
Mas ela é feliz assim... Ela me conta que sempre gostou muito de gatos, e sempre quis ter um, mas a Dona Fátima não deixava por causa dos problemas respiratórios (com razão né...), Depois dos treze anos, ela tentava ter gatinhos, mas o pai dela arremessou a Carmen da varanda... Ele falava que gatos eram bichos porcos que davam trabalho por demais etc... Então acho saudável ela ter quantos gatos ela acha bonito dentro de casa, ela é feliz com eles, quer dizer, elas (são todas fêmeas), Ela coloca os bichinhos para dançar axé, joga fumaça de cigarro na carinha delas, compra sacos enormes de Whiskas, coleirinhas coloridinhas para cada uma, dá banho com shampoo e condicionador em todas, coloca elas para secar no sol, etc, etc, etc...
A Tamiris tem seis pintinhas mó bonitinhas no rosto, das quais ela tem vontade de tirar cinco, por que acha que são todas cancerígenas... as quatro pintinhas do lado esquerdo formam um jogo do pontinho, que eu acho engraçadinho e não queria que ela tirasse... Os olhos dela mudam de cor... Ora estão verdes, ora castanhos, ora bem claros, mas que ainda não chegam à ser verdes. Ela gosta de passar duas sombras nos olhos quando se maqueia, e ela queria comprar cílios postiços, só para ver como ficariam nela... Mas daí ela comprou um rímel que faz os cílios dela baterem na sobrancelha... Então ela ficou contente só com o rímel.
A Tamiris é macumbeira... Muito macumbeira, metade (ou mais) do cartão de memória dela são pontos de Umbanda, Candomblé, Santeria Cubana, Catimbó, Jurema e etc... Tem até um atabaque aqui dentro de casa. No dia em que esse atabaque veio para cá, eu pensava: "Não, ela deve tocar muito, muito mesmo, porque ela batuca em tudo, até nas minhas costas antes de dormir ela batuca, então ela deve ser assim, quase  que uma 'oguéia' do Bantu Querê"... Ela só sabe fazer dois tipos de toques no atabaque... Daí ela fica vendo os vídeos de aulas de atabaque do Jacaré do Lodo no Youtube, mas ela se irrita com o cara, e fica aqui tentando ser uma auto-didata do atabaque. 
O doce que ela mais gosta no momento são os Tubes de morango, é uma bala em formato de alcaçuz, só que é mais doce. Ela gosta de Lancy, Serenata de Amor, Opereta, Confete, Stax, Moça Fiesta, Chocookies, Java Mocha do Starbucks, Mc Fish, Bis branco, Chicken Popcorns da Mônica, Yakissoba mista sem vegetais, bisnaguinhas com patê de peito de peru, presunto, fígado... Ela não gosta de mostarda, não gosta de wassabi, de iogurtes enormes, da nova Trakinas de farinha integral, de ketchups vagabundos, vegetais cara! quase qualquer tipo de vegetal, ela também não gostou do Doritos Dippas de French Onion, coentro, manjericão, manjerona... Nossa, ela não gosta de tantas coisas...
Vermelho é a cor que a Tamiris mais gosta. O cabelo é vermelho, sempre que ela pinta as unhas é de vermelho, a cor da coleirinha da nossa primeira gatinha (a Otiko) é vermelha, ela tinha um celular vermelho, que ela trocou por outro (que não é vermelho), era para esse celular dela de agora, ser meu, mas era o último da loja, então nós compramos e fomos procurar outro igual em outra loja, mas não tinha... Ela ficou mó triste... então eu peguei outro pra mim, e ela ficou com o que era para ser meu, ela ficou mó feliz, mas ficou o tempo inteiro me perguntando se eu não estava triste e queria o que agora era dela, eu tive que responder durante uns três dias que : Não vida, eu estou mó feliz!
A Tamiris não tem paciência com nada... ela fica nervosa muito facilmente, Ela cozinha bem, mas não tem muita paciência para isso. Tudo o que ela não quer fazer ela fala pra eu fazer... Exemplo: procurar coisas dela que ela não acha... Poucas coisas me irritam como isso me irrita, mas ahh whatever...
Ela não admite, mas é preguiçosa, Odeia acordar com o despertador apontando um compromisso que faz ela ter que acordar antes de uma hora da tarde... Ela não gosta de ter que levantar para tipo, ter que pegar uma garrafinha de água na geladeira antes de dormir, então ela te chantageia para isso... Tem coisas que as pessoas deixam passar batido com medo do mau humor dela.... 
A Tamiris é muito carismática, mas deixa de "ir com a cara" das pessoas com uma facilidade enorme... Daí não há Cristo, Buda, Mahatma Gandhi, Maomé, Oxalá ou Krishna que faça ela se dar, ou até tentar se dar bem com a pessoa...
Ela tem cólicas absurdas... e a TPM dela é igualmente absurda... Eu sempre quis que ela tentasse fazer Yoga, meditação ou coisa parecida, mas ela não tem paciência para isso... Eu imagino essas terapias terem efeitos contrários aos esperados quando ela saísse de uma sessão hahaha.
Ela tem cara de bichinho recém nascido quando acorda, desperta devagarinho e gosta de abraçar enquanto isso... Ela não suporta acordar com a campainha, com barulhos altos ou coisas do tipo, ela fica assustada o dia inteiro se isso acontece...
A Tamiris desenha bem, e tem a letra bonitinha, parece que ela escreve em um caderno de caligrafia quando deixa um recado, ou faz anotações em um lugar qualquer, Ela me disse que a letra dela é quase idêntica à da mãe dela, que ela até assinava cheques pela Dona Fátima para comprar pizzas antes dela chegar do trabalho.
A Tamiris e eu morávamos no mesmo bairro quando crianças, ela brincava com as mesmas pessoas que eu, eu estudava na mesma sala que algumas pessoas que viviam frequentando a casa dela, comprávamos doces nos mesmos lugares, andávamos de bicicleta nas mesmas ruas, estudamos na mesma escola durante o primário, ela frequentava a casa dos meus familiares, mas nós nunca nos vimos... Só fomos nos encontrar enquanto eu terminava o último semestre do colegial na mesma escola que ela... 
Meu jogo do pontinho *_*

Nenhum comentário:

Postar um comentário